(Crédito: GoodStudio /Shutterstock)
Quantas pessoas negras ou indígenas existem na organização? Quantas pessoas com deficiência? Qual é a quantidade de mulheres? Essas são algumas das perguntas que o IAB propõe que as companhias respondam, inicialmente, em prol da construção de um quadro de colaboradores mais diversa.
A associação de publicidade digital aproveitou a semana da consciência negra para colocar no ar o Guia para uma Contratação Diversa, material voltado à lideranças e empregadores de vários segmentos com o objetivo de auxiliar na difusão de uma cultura corporativa mais representativa.
O <iabbrasil.com.br/guia-para-uma-contratacao-diversa/> guia, que pode ser baixado de forma gratuita, traz alguns passos e orientações para que as empresas façam contratações mais diversas. Inicialmente, a recomendação do IAB é que as empresas levantem dados acerca da realidade brasileira e de como os grupos minorizados ainda têm pouco acesso às maiores oportunidades do mercado de trabalho.
Na sequência, o IAB orienta para que as empresas observem o que suas concorrentes estão fazendo a respeito de diversidade e inclusão e que façam um mapeamento da quantidade de grupos minorizados que fazem parte de seus quadros e de como podem avançar para ter mais representatividade.

www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2022/11/24/guia-quer-ajudar-empresas-a-contratarem-pessoas-diversas.html

iabbrasil.com.br/guia-para-uma-contratacao-diversa/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *